Tudo que você precisa saber sobre Empréstimo Consignado

Como se alimentar bem mesmo em quarentena
7 de junho de 2020
Décimo quarto (14º) salário para Aposentados e Pensionistas do INSS entra em discussão
9 de junho de 2020
Exibir tudo

Tudo que você precisa saber sobre Empréstimo Consignado

Contratar um empréstimo pessoal, aquele destinado para pessoa física, pode se tornar pesadelo se mal planejado. Afinal, apesar de hoje estarmos vivendo a menor taxa Selic de toda história do Brasil, os juros cobrados por algumas modalidades existentes no mercado, ainda são bem altos. E é aí que entra o Empréstimo Consignado, trazendo facilidades na contratação e taxa de juros baixas de verdade.

Não é à toa que é desejado por muitos, porem somente alguns cumprem os requisitos. O Empréstimo Consignado é uma linha de crédito pessoal exclusiva para Aposentados e/ou Pensionistas do INSS, Servidores Públicos, Militares e outros Órgãos, Convênios e até mesmo Empresas Privadas conveniadas aos bancos.

Sua principal característica que propicia tantos benefícios é o fato de o desconto mensal das parcelas (que são fixas) ser realizado diretamente na folha de pagamento ou benefício do cliente. Com isso, o Aposentado ou Pensionista do INSS, por exemplo, têm uma linha de crédito sem consulta SPC/SERASA, sem necessidade de avalista, prazo de até 84 meses para pagar, e taxa de juros máxima de 1,8% ao mês.

O Empréstimo Consignado entra como uma excelente opção para quem está negativado ou possui outras linhas de crédito pessoal mais caras, como as do cheque especial, prazo rotativo do cartão de crédito convencional e outras linhas de crédito sem garantia onde os juros podem chegar pra mais de 22% ao mês. Isso significa, que quem pode contratar um consignado, têm a chance de liquidar antigas dívidas mais caras, e ficar com apenas uma, descontando em folha de pagamento ou benefício, com a certeza das menores taxas do mercado.

Com o crédito consignado você pega o valor emprestado e além de não deixar nenhum bem seu em garantia, não precisa explicar qual o sonho vai realizar ou qual a dívida irá sanar. No consignado você é livre para negociar à vista os seus sonhos.

 

Mas quanto posso ocupar de meu pagamento/benefício em empréstimos consignados?

O limite do desconto máximo que pode ser descontado mensalmente, em grande parte, é de no máximo até 35% da renda ou benefício. Onde fica determinado que 30% são para uso em parcelas de empréstimo consignado, e outros 5% para gastos com o uso de cartão de crédito consignado. Em alguns casos, esses limites podem ser maiores, porém sempre é um acordo entre o órgão ou empresa do empregado junto ao banco.

Esse limite que mencionamos acima conhecemos como margem consignável. Os clientes podem realizar quantos empréstimos consignados desejarem, desde que a soma das parcelas descontadas em folha ou benefício não ultrapasse o limite, ou a margem consignável permitida. Em alguns convênios, há restrições também, quanto a quantidade de parcelas que podem ser descontadas. Os beneficiários do INSS podem contratar até 9 parcelas de empréstimo consignado e 1 cartão de crédito consignado por benefício. O convênio das Forças Armadas, especificamente do Comando do Exército, é um outro exemplo, onde cada banco ou instituição financeira pode ter apenas um contrato descontado em folha por militar.

 

O que fazer quando ainda tenho margem consignável, mas já atingi a quantidade permitida de parcelas?

Nestes casos é preciso renegociar algumas parcelas existentes e transformá-las em um único desconto, ou simplesmente renegociar as já existentes. Esse tipo de operação pode ser feito através de uma renegociação direto com o banco que já tem o empréstimo, ou então, o cliente pode oferecer as suas parcelas para outros bancos e assim transferir sua dívida para outro com condições melhores. É o que conhecemos de Portabilidade.

Na Portabilidade do crédito consignado, a sua dívida é transferida para outro banco mediante autorização do cliente que busca geralmente taxas ainda mais baixas que as contratadas na época.

 

Como consultar a minha margem consignável?

Para consultar a sua margem consignável disponível e até mesmo ter informações sobre os empréstimos contratados, cada convênio ou empresa opta por um sistema de consulta diferente. Hoje já são bastantes empresas de softwares que cuidam do gerenciamento das margens consignáveis para governos e empresas no país.

No caso do INSS, basta fazer o seu login no portal Meu INSS ou via App no seu celular, e buscar pela opção de Extrato de Empréstimos. Nesse documento você conseguirá ter informações detalhadas sobre os empréstimos consignados, cartão de crédito, além do limite de crédito ainda disponível para contratar.

Os Servidores Públicos Federais – SIAPE também possuem um portal completo para extração do contra cheque e informações para Empréstimo e Cartão de Crédito consignado. Conhecido como SIGAC ou SIGEPE, o servidor deve fazer o login para ter acesso. Caso o Servidor não possua um e-mail já cadastrado, os dados para o primeiro acesso deve ser feito diretamente com o RH do órgão.

 

Qual prazo máximo posso parcelar meu empréstimo consignado?

O parcelamento do empréstimo consignado varia muito de acordo com o convênio ou a empresa parceira. Para consignado de órgãos públicos ou para beneficiários do INSS, o prazo máximo é devidamente estabelecido previamente e deve ser cumprido até que haja alguma alteração por parte do convênio.

Aposentados e Pensionistas do INSS tiveram recentemente um alongamento no prazo máximo de contratação de seus consignados. A pandemia do novo coronavírus foi uma das grandes percussoras desta alteração. Hoje, beneficiários do INSS podem contratar seus empréstimos consignados em até 84 meses. Anterior a mudança, o prazo máximo era de 72 meses. Entendendo que quanto maior o prazo de pagamento, menor fica a parcela mensal, o governo em conjunto om a CNPS (Conselho Nacional da Previdência Social) decidiu pela ampliação do prazo, o que traz mais fôlego a esse público que também, em grande parte, é um dos mais afetados pela crise causada pela pandemia.

Para Servidores Públicos Federais o prazo de parcelamento máximo é de 96 meses, ou 8 anos.

 

Quais são as taxas do empréstimo consignado?

As taxas nominais cobradas pelos bancos são estabelecidas em contrato ou instruções normativas entre o banco e o órgão. O banco que deseja oferecer empréstimo consignado a um público deve respeitar essa taxa de juros máxima, não podendo cobrar uma taxa superior a estabelecida, ou outras taxas e tarifas não previstas.

Para Beneficiários do INSS, a taxa nominal máxima estabelecida é de 1,80% ao mês. Além disso, não deve ser cobrada nenhuma outra taxa ou tarifa do aposentado ou pensionista do INSS, ou seja, a famosa TAC (tarifa de abertura de crédito) é isenta na contratação para esse público do empréstimo consignado.

Para Servidores Públicos, a taxa nominal varia bastante, de acordo com o Órgão ou Convênio pelo qual o cliente faz parte. Servidores e Pensionistas Federais, aqueles que trabalham para o Governo Federal, por exemplo, possuem o teto máximo de juros estabelecido em 2,05% ao mês.

Muito mais importante que a taxa nominal é a CET (Custo Efetivo Total) da operação. Nela, além da taxa nominal, é incluso impostos e outros valores cobrados na contratação do seu empréstimo. Por isso, fique atento na hora de contratar o seu empréstimo consignado sempre na taxa de juros que compõem a CET.

 

Posso liquidar meu empréstimo consignado?

A qualquer momento o cliente de um crédito consignado pode solicitar o boleto para quitação total ou parcial do seu empréstimo. E assim como em um financiamento, liquidando antecipadamente, o desconto dos juros é garantido.

Para solicitar o seu boleto de quitação procure sempre os canais oficiais do banco onde contratou ou o correspondente bancário responsável por intermediar a sua operação.

Jamais negocie liquidação de dívida em canais paralelos, WhatsApp ou sites não oficiais.

Leia também: Pandemia e o aumento de golpes na internet

 

Em quantos dias meu empréstimo é liberado?

Se você contrata um empréstimo consignado novo, ou seja, uma nova parcela de desconto em folha, a liberação pode ocorrer até no mesmo dia, tudo depende da maneira em que a margem é reservada e aprovada pelo banco. Em alguns casos, o próprio cliente faz uma pré-reserva ou emite uma autorização para o banco dar continuidade no pedido de empréstimo. O convênio Federal – Siape é um deles: o cliente emite uma autorização ao banco escolhido que consulta e aprova a margem, liberando o crédito em seguida.

Dependendo do convênio, esse processo não é totalmente automático e acontece através de envios de lote contendo os pedidos de aprovação. Essa situação acontece, por exemplo, na aprovação dos empréstimos consignados para Aposentados e Pensionistas do INSS, e o retorno desses pedidos pode levar até 5 dias úteis em períodos de maciça, que ocorrem sempre uma vez ao mês.

A Maciça no convênio INSS é o período em que os computadores da Previdência estão funcionando para remeter os créditos de pagamentos aos bancos pagadores, tornando outros processos mais lentos.

Nas operações de Portabilidade, onde o cliente negocia a sua dívida já existente com um outro banco, o processo é um pouco mais longo. É necessário que o novo banco escolhido pelo cliente envie um pedido de saldo devedor para o atual que ainda detém a dívida. Esse processo acontece através da CIP – CTC que coordena esse vai e vem de informações trocadas entre as instituições. O prazo é de 5 dias úteis para retornar com o saldo devedor e o novo banco precisa fazer a liquidação do saldo no mesmo dia para validar a operação. Em seguida, ocorre a liberação da margem consignável, e a averbação para o novo banco. Todo este processo, depende do sucesso do envio do saldo no prazo estabelecido, por isso, na melhor das hipóteses a operação é finalizada em até 10 dias corridos.

Já as operações de refinanciamento há bancos e alguns convênios em que esse processo ocorre no mesmo dia. O refinanciamento para beneficiários do INSS, por exemplo, precisa de troca de lotes para a exclusão da parcela atual, e inclusão da nova renegociada, da mesma forma como acontece no empréstimo novo.  Recentemente, o Banco Safra inovou e está liberando o troco desse tipo de operação no mesmo dia, mesmo sem a confirmação da nova parcela renegociada. Na prática, clientes do INSS que já possuem empréstimos consignados com o Banco Safra (através da Safra Financeira) podem refinanciar suas parcelas, e obter o troco (valor líquida da sobra dessa renegociação) no mesmo dia.

O crédito das operações de empréstimo consignado deve ser depositado preferencialmente na mesma conta em que o funcionário ou beneficiário recebe o seu pagamento ou benefício. Em alguns convênios, isso é regra, como no caso do INSS. Aos clientes que não possuem conta, muito comum entre Aposentados e Pensionistas do INSS, há opção de receber diretamente nas agências bancárias de algum banco da cidade do beneficiário. Essa forma de liberação é comumente chamada de Ordem de Pagamento.

 

Onde posso contratar o meu empréstimo consignado?

O empréstimo consignado é oferecido hoje por bancos e seus correspondentes bancários autorizados presentes por todo o país.

Para que o banco posso estar habilitado a oferecer o empréstimo é necessário que tanto o banco como o órgão estejam de acordo com a parceria.

Correspondentes bancários são empresas autorizadas a operar no país seguindo a Resolução 3.954/11 do Banco Central do Brasil (BCB) intermediando e aproximando a relação entre clientes e bancos. Foi através dos CORBANs – abreviação de Correspondente Bancário – que hoje milhares de pessoas tem acesso ao crédito consignado e outros serviços bancários.

Os correspondentes, em sua grande parte, são especialistas no assunto crédito, e operam com mais de uma instituição financeira. Por isso, antes de fechar o seu empréstimo consignado, procure um correspondente próximo de você e confira as ofertas de diversos bancos em um único local.

Alguns bancos, também, podem negar o crédito para você por questões de política. Por isso, contratar seu crédito consignado em um correspondente lhe abre mais oportunidades para negociar em diversas instituições.

Vamos te dar algumas dicas antes de contratar o seu empréstimo consignado:

  • Jamais forneça imagens de seus documentos ou uma foto sua para desconhecidos. Essa prática é comum acontecer via WhatsApp,
  • Ao receber links por SMS ou WhatsApp sempre desconfie. Se preciso, procure sempre saber quem enviou a mensagem e se é de fonte confiável,
  • Nunca aceite videochamadas de números desconhecidos,
  • Procure sempre fazer suas cotações em locais de confiança. Opte sempre por indicações de onde fazer,
  • Sempre busque referências do local onde vai contratar o seu empréstimo,
  • Pesquise sempre antes de contratar e barganhe por taxas mais baixas,
  • Sempre confira a CET do contrato. E não apenas a taxa nominal,
  • Jamais pague ou deposite qualquer valor para obtenção de um crédito. Isso é golpe,
  • Leia os contratos antes de aceitar e assinar,
  • Verifique sempre se de fato o Correspondente Bancário que está negociando o seu empréstimo é autorizado pelo banco a ser seu representante. Os bancos disponibilizam em seus sites oficiais uma listagem de sua rede de correspondentes autorizados.

 

Precisando contratar um consignado?

Nós da CredExpress Empréstimos somos correspondentes bancários de diversas instituições financeiras que operam com o crédito consignado para diversos órgãos do país.

Nós podemos te ajudar a contratar seu crédito consignado de maneira fácil, segura e 100% online.

Compare agora com nossos especialistas as propostas de empréstimo de diferentes bancos e escolha a que é melhor para você.

Simular meu consignado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *