Reunião CNPS sugere novas regras para o consignado de beneficiários do INSS

Hérnia de disco: entenda os sintomas e saiba como tratar
20 de julho de 2020
[REPROVADO]: Como ficou o aumento da margem INSS para Aposentados e Pensionistas?
21 de julho de 2020
Exibir tudo

Reunião CNPS sugere novas regras para o consignado de beneficiários do INSS

O Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) se reuniu virtualmente mais uma vez na última sexta-feira (17) para deliberar e discutir assuntos relacionados a demandas de crédito consignado.

Três importantes mudanças foram votadas e foram recomendadas ao INSS no Diário Oficial da União de hoje (20), entre elas, a possibilidade de iniciar o pagamento dos empréstimos consignados em até 90 dias. Também entrou em discussão o aumento da margem consignável de 5% para empréstimo que segue ainda sem uma decisão final.

Aposentados e Pensionistas do INSS poderão contar com três novas regras para o consignado. São elas:

  • Carência de até 90 dias para iniciar o pagamento de novas contratações de crédito consignado
  • Aumento do limite de crédito do cartão consignado para até 1,6x o valor do benefício
  • Desbloqueio do benefício para empréstimo consignado, por solicitação do beneficiário, após 30 dias da concessão.

Agora, a Resolução 1.339 segue para apreciação e aprovação da Previdência Social (INSS).

 

Carência de 90 dias para empréstimos

Isso significa que Aposentados e Pensionistas do INSS vão poder contratar seu empréstimo consignado, ter dinheiro agora e iniciar o pagamento das prestações somente após 90 dias da data da contratação do crédito. É mais folego para iniciar os descontos, em meio a pandemia do novo coronavírus.

Pelo fato de o desconto acontecer diretamente na folha de pagamento ou benefício, o primeiro vencimento da prestação sempre leva em conta a data da contratação, visto que, existe uma data limite, conhecida como data corte, para que o INSS consiga efetuar o primeiro desconto no benefício na data estabelecida em contratado.

Por isso, a carência atual gira em torno de 45 a 60 dias, variando de acordo com a data da contratação. Se aprovado pelo INSS, esse novo prazo passa a ser até 90 dias.

Para os Aposentados e Pensionistas INSS que já possuem um empréstimo consignado contratado anterior a aprovação da mudança, o primeiro desconto permanecerá inalterado, ou seja, nada mudará. Já quem refinanciar seus empréstimos consignados, poderá ficar até 3 meses sem ter o desconto da prestação, pois a renegociação resultará em um novo contrato já na nova regra.

 

Mais limite no cartão de crédito consignado

Todo beneficiário do INSS possui uma margem consignável de 5% para uso exclusivo na contratação de um cartão de crédito consignado.

O limite do cartão de crédito consignado, até então, pode ser de até 1,4x o valor do benefício. Com a nova mudança, o limite passará a ser até 1,6x.

Para quem recebe até um salário mínimo, por exemplo, hoje tem acesso a um cartão consignado com limite de crédito pré-aprovado de até R$1.463,00. Se aprovado pelo INSS, o novo limite passa a ser de R$1.672,00. Um aumento de R$209,00 que poderá ser usado tanto para realizar compras, como também para saques em dinheiro.

Veja alguns exemplos:

 

Novos beneficiários: Acesso ao Empréstimo Consignado em menos tempo

Para quem se aposentou ou ficou pensionista recentemente, a nova regra prevê que o benefício poderá ser desbloqueado após 30 dias da data da concessão para contratação de um empréstimo consignado ou cartão de crédito consignado.

A regra atual prevê um prazo maior, de 90 dias após a data da concessão.

Com o novo prazo para desbloqueio, a possibilidade de crédito consignado fica acessível em menos tempo para os beneficiários do INSS.

Veja mais algumas datas:

 

O desbloqueio para empréstimo consignado deve ser feito diretamente pelo portal do Meu INSS pelo beneficiário.

Saiba mais sobre o Portal: Guia Completo do Meu INSS [2020]

 

E a margem de 5%?

Continua sem definição.

Durante o encontro, vários representantes da entidade solicitaram que o Governo estudasse de fato maneiras para que a liberação dos 5% de margem consignável seja aprovada, visto o momento atual do país.

Em resposta, os representantes do Governo presentes, solicitaram que no próximo encontro da CNPS (Conselho Nacional da Previdência Social) o assunto fosse recolocado em pauta, para que se aprovado, submetam a proposta, mais uma vez,  para que ela vigore ou via Medida Provisória ou por votação no Congresso.

Aguardamos as cenas do próximo capítulo.

 

Precisando contratar um consignado?

Nós da CredExpress Empréstimos somos correspondentes bancários de diversas instituições financeiras que operam com o crédito consignado para diversos órgãos do país.

Nós podemos te ajudar a contratar seu crédito consignado de maneira fácil, segura e 100% online.

Compare agora com nossos especialistas as propostas de empréstimo de diferentes bancos e escolha a que é melhor para você.

Simular meu consignado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *