Beneficiário INSS: última chance para contratar margem adicional de 5% com carência
2 de dezembro de 2020
Exibir tudo

8 dicas para iniciar o ano no verde.

Todo início de ano fazemos novos planos e renovamos as metas. Sem dúvidas, esse é o momento perfeito para colocar as contas em ordem, quitar as dívidas e atingir os seus objetivos, seja comprar uma casa, investir nos estudos ou fazer uma reforma. No entanto, é fundamental organizar a vida financeira antes de pedir um empréstimo ou entrar em qualquer tipo de financiamento.

Nada melhor do que ter uma vida financeira organizada, não é mesmo? Porém, nem todos conseguem isso e acabam comprometendo seu orçamento com grandes parcelas. Por isso, é fundamental ter cuidado para não meter os pés pelas mãos, quando na verdade o que mais se deseja ter é paz de espírito.

Por isso, listamos aqui dicas incríveis que podem te ajudar bastante no próximo ano. Certamente 2021 será um ano especial se você colocar em prática cada um desses tópicos que mencionaremos.

Em seguida, falaremos sobre algumas modalidades de empréstimo que vão te ajudar a dar uma guinada na sua vida financeira e fazer você alcançar os seus sonhos.

 

Dicas para ter sucesso financeiro em 2021.

Antes de tudo, é fundamental organizar as suas finanças para entrar o ano no verde. Para isso, existem algumas medidas que você pode tomar. A primeira delas é refletir sobre os seus hábitos de consumo e emoções.

Será que você tem comprado muito no cartão de crédito? Como está a sua ansiedade nesse período de pandemia? O primeiro passo é colocar no papel tudo o que você quer conquistar e o que será preciso para chegar lá. Vamos conhecer agora outras etapas importantes desse processo de educação financeira.

  •  1 – Reflita sobre o passado

Primeiramente, faça uma reflexão sobre o seu ano e reveja o que deu certo e o que você pode melhorar. É a partir daqui que você irá planejar o seu próximo ano e promover as mudanças necessárias para chegar no que se deseja.

Então, exercite a escrita. Pegue um papel e caneta e veja o que te trouxe retornos positivos. Além disso, anote tudo o que te prejudicou, para você não repetir. 

  • 2 – Conheça os seus ganhos e gastos

Um indicativo de que sua vida financeira não está indo bem é quando seus gastos são bem maiores que os seus ganhos. Por isso, anote numa planilha tudo o que sai e o que entra, para ampliar a sua visão sobre seu dinheiro. 

  • 3 – Tenha um planejamento financeiro

E por falar em planilhas, que tal ser mais organizado em relação a isso? Quando se tem um planejamento financeiro, você saberá exatamente o destino do seu dinheiro e poderá começar a se organizar para guardá-lo um pouco a cada mês. 

  • 4 – Elimine suas dívidas

Para começar o ano bem, é fundamental que você elimine todas as suas dívidas. Se forem muitas, coloque no papel aquelas que dão maiores dores de cabeça e faça de tudo para quitá-las o mais rápido possível. 

  • 5 – Evite gastos desnecessários

Para quitar esses compromissos, é fundamental que você não tenha novas dívidas. Além disso, faça escolhas. Prefira passar alguns dias em casa ao invés de gastar rios de dinheiro num final de semana na rua. 

  • 6 – Tenha uma renda extra

Que tal começar a pensar em formas de ganhar uma renda extra? Além do seu emprego formal, existem muitas outras ideias para gerar um dinheirinho a mais nesse final de ano. Então coloque a criatividade para funcionar.

  • 7 – Crie uma reserva de emergência

Essa é uma meta que a maioria das pessoas anotam no papel todo início de ano. Porém, as dívidas e falta de planejamento acabam não contribuindo para a realização da tão famosa reserva de emergência. Se esse for o seu caso, comece a levá-la a sério. Tente guardar um pouquinho todo mês e veja quanto consegue juntar no final do ano. 

  • 8 – Pesquisar bastante antes de comprar

Por fim, outra dica fundamental para ter uma vida financeira equilibrada é pesquisar antes de adquirir um produto ou serviço. Se você é daqueles que compra por impulso, comece a repensar essa atitude, pois você poderá estar pagando mais caro do que imagina.

 

Tipos de empréstimos para estimular seus planos no próximo ano.

Algumas pessoas se questionam se realizar um empréstimo é realmente algo necessário. Porém, a resposta é que depende do seu objetivo e do tempo que você quer levar para alcançá-lo.

Muitas pessoas fazem um empréstimo consignado, por exemplo, quando precisam de uma grana extra para investir em algo. Esse investimento pode ser aplicado na reforma de uma empresa, na compra de equipamentos ou até mesmo em desenvolvimento pessoal.

Existem muitas modalidades de empréstimos e cada um vai atender a públicos diferentes, em situações distintas. Por isso, listamos os principais para você conhecer e saber qual deles se encaixa no meu perfil de consumidor.

 Empréstimo Pessoal

O empréstimo pessoal é a modalidade mais simples do mercado e possui prazos e juros variados, a depender da instituição financeira. Ele é perfeito para o consumidor pessoa física e pode ser adquirido facilmente após uma análise de crédito.

 Empréstimo Consignado

Já o consignado é um tipo de empréstimo voltado para pensionistas, aposentados e servidores públicos. Ele possui juros mais brandos que o crédito pessoal e as possibilidades de pagamento são mais extensas. Por isso, verifique os benefícios na hora da contratação.

 Empréstimo Pessoal com Garantia

Essa opção é bem parecida com o crédito pessoal, porém, o contratante deverá dar como garantia de pagamento algum bem que esteja no seu nome. Vale salientar que esse modelo possui taxas de juros reduzidas, porém, você deve respeitar as parcelas para não perder o seu apartamento ou carro.

 Cheque Especial

O cheque especial está atrelado à conta bancária da pessoa e pode ser contratado automaticamente. Porém, tenha cuidado para não aumentar a sua dívida ao utilizá-lo.

 Crédito Rotativo

Esse é o tipo mais conhecido de quem utiliza o cartão de crédito. A contratação é realizada automaticamente e o cliente poderá pagar as parcelas nas suas faturas posteriores.

 Refinanciamento de Imóvel

Já essa modalidade é um pouco mais burocrática, porém, os prazos para pagamentos são bem maiores. Através dele, é possível dar um imóvel quitado como garantia do pagamento.

 Antecipação da Restituição do Imposto de Renda

Esse tipo de empréstimo permite que o banco receba a restituição do IR, em troca da liberação de uma quantia na conta do consumidor. Os juros costumam ser bem interessantes, porém, o cliente precisa ser muito organizado financeiramente.

 Antecipação do 13º salário

Enfim, a antecipação acontece da mesma forma que o IR. O banco deposita um valor na conta da pessoa e ele pode utilizar esse valor para quitar dívidas, entre outras ações.

 

Gostou das dicas? Então entre em contato com a CredExpress para saber qual a melhor modalidade de empréstimo para você iniciar o ano mais organizado financeiramente.

Se precisar da CredExpress, nos chame aqui.

Estamos online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *